segunda-feira, Maio 26, 2008

Altas Quintas mensagem de aragonês

Mensagem de Aragonês é o novo lançamento do projecto Altas Quintas.
Com uma imagem distinta este monocasta produzido a 600 metros de altitude mostra um terroir único no Alentejo.
A cor granada e o aroma a ameixas, chocolate e folhas de tabaco enquadram-se na elegância de boca.
Acompanha bem queijos de pasta mole ou uma picanha.

Quinta da Pacheca - as novidades



São duas novidades da Quinta da Pacheca. O touriga nacional é de 2006, foi produzido em lagares tradicionais com pisa a pé e estagiou 14 meses em barricas de carvalho francês novas.
O aroma é entroncado e mostra harmonia entre a fruta e a madeira.
***
O Vinha do Mourão 2005 também foi vinificado em lagares tradicionais e compõe-se de touriga franca, tinta roriz e touriga nacional. Encorpado e com uma cor densa é um vinho complexo com os taninos muito presentes.

quinta-feira, Maio 15, 2008

Cartuxa reserva 2005

Novidade da Fundação Eugénio de Almeida sai agora o Cartuxa reserva 2005.
As castas são a trincadeira, aragonez e alfrocheiro e estagiaram 15 meses em barricas novas de carvalho francês seguido de 12 meses em garrafa.
mais info no site:

quarta-feira, Maio 14, 2008

Morgado Santa Catherina reserva 2006

Composto pela casta arinto este Bucelas da Companhia das Quintas tem aromas elegantes e frutados. Na boca é elegante, fresco e mineral qb.
Pode ser bebido a acompanhar pratos de peixe ou marisco.

segunda-feira, Maio 12, 2008

Santos Lima chardonnay 2007


Vindo duma vinha com boa exposição solar e de solo calcário este chardonnay da Casa Santos Lima é o resultado do processo mosto lágrima.
Um chardonnay equilibrado com o toque mineral tão característico da casta.

sexta-feira, Maio 02, 2008

Quinta das Marias encruzado 2006

Produziram-se 4300 garrafas deste encruzado que ainda não tinha referido aqui no blog.
Cá fica!
O produtor é Peter Viktor Eckert e este branco marca a diferença pelos processos tradicionais usados quer na apanha da uva quer na respectiva selecção.
Tudo o resto é para descobrir!

Herdade dos Grous branco 2007

Ainda na senda dos brancos de 2007 que começam agora a aparecer no mercado, encontramos este Herdade dos Grous 2007.
Um blend feito a partir das castas Arinto, Roupeiro e Antão Vaz que mostra toda a exuberância dum branco equilibrado.
É uma boa companhia para saladas e pratos leves ou, em alternativa, como aperitivo.

Quinta dos Roques encruzado 2007

Única no Dão a casta encruzado dá origem a mais um branco da Quinta dos Roques.
Neste branco encontramos lima e alperces num equilíbrio marcadamente frutado.
É um daqueles brancos que apetece esquecer na cave para beber daqui a uns anos...

Cabriz encruzado 2007

A Quinta de Cabriz lança agora a colheita de 2007 deste branco 100% encruzado.
É o resultado da vinificação parcial em processo clássico e a restante vinificação ocorreu em barricas utilizando o processo de bâtonnage.
Ideal para pratos ligeiros de peixe ou como aperitivo.

Soalheiro 2007

Foi o primeiro vinho verde feito a partir da casta Alvarinho a surgir em Melgaço, já lá vão 26 anos. Hoje é uma marca de referência para quem aposta na qualidade.
Um verde equilibrado que acompanha bem pratos de peixe ou marisco.

Quinta da Pacheca 2007

A Quinta da Pacheca há muito que não lançava um branco.
Mas vê agora a luz do dia!
As castas? Cerceal, Malvasia Fina e Gouveio.
O vinho tem um aroma fino e é frutado.
Bom servido como aperitivo ou a acompanhar saladas e peixe grelhado.