quarta-feira, Agosto 19, 2009

Vinha do Alqueve 08

70% de tinta roriz e 30% de castelão dão o mote a este Vinha do Alqueve.
O aroma puxa para os frutos vermelhos e na boca a suavidade e frescura equilibram-se harmoniosamente.
Um rosé que serve bem com peixes e saladas.

terça-feira, Agosto 11, 2009

Valle Pradinhos 2008


Riesling, gewurtzstraminer e malvasia fazem parte de mais uma edição do clássico Valle Pradinhos branco.
A versão de 2008 apresenta-se com frescura na boca, intensidade e estrutura.

Paço Teixeiró 2008


Avesso e loureiro juntos contribuem para um branco de cor citrina com aromas minerais que prolongam o que a cor adivinha: os citrinos.
Na boca o conjunto é elegante e com boa acidez com um final fresco.
Um bom branco para aperitivo, marisco, saladas frias e o tão na moda sushi.

Negreiros 2005

Anselmo Mendes e Pedro Bravo cuidaram deste Negreiros doc 2005 compondo-o com tinta roriz, tinta barroca, tourigas franca e nacional.
Estagiou 15 meses em pipas de carvalho francês.
Apesar da maior parte das uvas continuar a ser vendida para a produção de vinho do porto vale a pena acompanhar uma refeição com este tinto elegante e fino na boca.

Qta Vale da Raposa grande escolha 2006

Touriga nacional, touriga franca e tinto cão de vinhas com mais de 60 anos são base para mais uma edição de Grande Escolha.
Estagiou 9 meses em barricas novas de carvalho francês.
Resulta num tinto de cor rubi com aroma de especiarias e fruta madura. Já na boca a acidez e frescura predominam, a madeira casada está em grande harmonia.
Na Revista de Vinhos a crítica foi esta.

Caldas reserva 2005

Um terço para cada casta: tinta roriz, touriga nacional e tinta barroca. Tudo estagiou 7 meses em barricas de carvalho francês novas e de 2º ano.
Tem um tempo de evolução estimado em 7, 8 anos.

Quanto à nota de prova a côr é vermelha, o nariz tem notas de frutos vermelhos e a boca tem elegância, muita fruta e boa acidez. Espere deste tinto um final longo e mineral.

Casa Santar reserva 2008

O encruzado (50%), cerceal (25%) e o bical (25%) fazem parte deste blend equilibrado e tão típico do Dão.
Este 2008 tem uma untuosidade de boca que harmoniza com frescura na boca.

Experimente acompanhar pratos de peixe gordo, bacalhau ou um simpático arroz de marisco.