sexta-feira, Dezembro 16, 2011

Quinta da Fonte do Ouro


Novidades ou não






Novidades ou não os acessórios de vinhos são sempre bem-vindos.

Dows lbv 2000



É a oportunidade da semana!
pvp: 14.50€

sexta-feira, Dezembro 09, 2011

Equinoctium by José Carvalheira

Equinoctium Veranum grande reserva branco 2010
37% de bical, 25% de arinto, 30% de chardonnay e 8% de maria gomes dão alento a este bairradino. A vindima foi feita manualmente e depois da maceração e prensagem, decantação do mosto e fermentação em barricas foi sujeito à maturação durante 9 meses.

Tem um potencial de envelhecimento que vai de 6 a 8 anos e acompanha muito bem pratos de peixe e mariscos, carnes magras e queijos de cabra.

Equinoctium Autumnus grande reserva tinto 2009
Divide-se em iguais percentagens de baga, touriga nacional e syrah duma vinha com cerca de 20 anos.
Tem uma cor retinta profunda e aromas intensos e complexos com notas de frutos silvestres, violetas, abaunilhados e, como não podia deixar de ser, notas de tostados e abaunilhados provenientes do estágio de 17 meses em barrica.
Tem persistência na boca!
Acompanha muito bem pratos de carne, a lampreia (que tanta dor de cabeça dá no que toca a arranjar um vinho decente para a degustar!), caça e queijos.

sexta-feira, Dezembro 02, 2011

Quinta da Pedreira - aguardente

Uma explosão harmoniosa na boca, opulenta e intensa!
Envelheceu 15 anos em barricas com estágio predominante em barricas de vinho do porto.
pvp: 29.50€

Quinta da Pedreira - novidades

Quinta da Pedreira reserva bruto natural 2009
Magnum
pvp: 12.50€



Quinta da Pedreira grande reserva bruto natural 2003
pvp: 12.50€


Quinta da Pedreira reserva bruto natural 2009
pvp: 5.00€


Quinta dos Murças reserva 2008

Lagar de Macedos 2000 & Odisseia 2004 & Quinta da Pacheca Vinha do Mourão 2005



Esporão touriga nacional 2008

Da tão nossa touriga nacional se fez este tinto por terras de Reguengos de Monsaraz.
Fermentou em barricas roto-fermentativas (barrica de fermentação rotativa, processo que substitui a batonnâge).
É elegante e suave na boca com final persistente.

Tapada do Chaves reserva 2009

Trincadeira, aragonês e castelão são as castas deste Tapada do Chaves reserva 2009 com uma cara diferente.
De aromas complexos a frutos silvestres é um tinto com notas especiadas.
Pode acompanhar com pratos de carne e queijos.