sexta-feira, Fevereiro 25, 2011

Vértice rosé




Gouveio, Touriga Franca e Tinta Barroca provenientes duma zona fresca no Douro sita a 550 metros de altitude são a base deste espumante rosé.
É leve e fresco e acompanha muito bem saladas e cozinha japonesa ou simplesmente para servir como aperitivo.
Bebe-se a cerca de 6ºC.

Grandes Quintas reserva 2008


Touriga nacional, tinta roriz e tinta amarela formam o reserva produzido pela Casa de Arronchella.
Luis Soares Duarte assina este tinto de cor vermelha escura, profunda.
Com notas frescas a levar-nos para o mentol, florais e um toque a especiarias e baunilha.
Na boca é elegante com taninos perfeitamente casados e mais uma vez as especiarias.

Quinta das Bágeiras garrafeira 2008

É de vinhas velhas que vêm as uvas maria gomes e bical que compõe este branco de excelência.
Fermentou em tonel de madeira o que lhe confere uma estrutura mais vincada e pouco usual nos brancos.
No nariz a presença da fruta madura é inequívoca.
No final é fresco e fumado.
Um grande branco.

Vinha do Contador 2009

Encruzado, Cerceal-Branco e Malvasia-Fina .
Na boca encontramos notas de tosta e perfume.
É um branco elegante e robusto, com untuosidade e um final mineral.

Labrador syrah 2008 - Quinta do Noval

É o primeiro monovarietal syrah produzido no Douro.
Apresenta-se aqui pelas mãos da Quinta do Noval que plantou esta parcela há 8 anos.
Um vinho elegante, com presença e finura de boca.

Vallado reserva 2008 field blend

Baton 2008

Touriga Nacional, Tinta Roriz, Tinta Barroca e Tinta Francisco são as castas desta novidade de Casal de Loivos.
Um tinto estruturado e com persistência de boca.
Acompanha bem pratos de carne.

quinta-feira, Fevereiro 17, 2011

Murganheira extreme pinot blanc

Um espumante feito a partir de pinot blanc.
É delicado no aroma e sabor.
Com notas de flores silvestres e bolha fina.
Tem o prémio de Excelência 2011 pela Revista de Vinhos na sua edição dos "Melhores do Ano".

terça-feira, Fevereiro 15, 2011

Capilé & Groselha - Eternos Sabores


São eternos os sabores do Capilé e da Groselha!
É por isso que postamos hoje esta dupla de sucesso.
Feitos em Portalegre para quem quiser voltar atrás no tempo!

Quinta de Foz de Arouce vinhas Santa Maria 2007

Casta: baga
Solos: xistosos
Foi vinificado em lagares e posteriormente estagiou 14 meses em barricas novas de carvalho francês.
Com aromas de ameixa e frutos vermelhos é poderoso na boca onde se denota a acidez típica da casta.
Tem um final longo e persistente.
Um tinto robusto!

Henry of Pelham riesling- icewine

Com um ataque doce e com componentes frutados e especiarias delicadas.
Muito estruturado com um bom final de boca e uma acidez sólida.

Estação branco 2010


Feito a partir de castas malvasia fina, gouveio, viosinho e outras castas antigas do Douro este é um branco honesto.
Muito agradável na carteira, na boca não desilude.
De cor palha e aromas complexos e frutados com apontamentos de frutos secos.
Um pouco untuoso e com final longo.

Esporão private selection - novidades

As castas não podiam ser mais surpreendentes para o Alentejo: Semillon, Marsanne e Roussanne.
Este branco estagiou 6 meses em barricas de carvalho francês sur lie seguido de batonnâge e ganhou uma grande concentração aromática.
Com notas de goiaba, papaia e manga madura e, no fundo, alguma tosta.
É cheio na boca e tem um leve toque especiado.
José Pedro Croft assina o rótulo.

18 meses foi o tempo que estagiou em barricas novas de carvalho francês.
De cor profunda e quase opaca tem aromas complexos a frutos silvestres vermelhos com notas balsâmicas e tabaco.
Na boca é denso, persistente e longo com taninos profundos.
Joana Vasconcelos assina o rótulo.

Quinta Nova Nossa Senhora do Carmo grande reserva 2008

Feito a partir de touriga nacional, de vinhas velhas, cuidadosamente escolhida manualmente este tinto estagiou 17 meses em barricas de carvalho francês.
Um vinho de guarda até 12 anos.
Tem 92 pontos na Wine Enthusiast atribuídos por Roger Voss.

Sidónio de Sousa garrafeira 2005

Esta é a última colheita proveniente das vinhas centenárias da casta baga da Figueira da Costa.
Foi vinificado em lagares pequenos, sem adição de leveduras e enzimas e fermentou com engaços.
O aroma é vincado e incontornavelmente a dizer BAGA!
Na boca é portentoso e robusto.

terça-feira, Fevereiro 01, 2011

Novidades do produtor Alves de Sousa



Duas Quintas reserva 2009

Um branco com perfil bem definido feito a partir de 7 castas brancas do Douro provenientes da Quinta da Ervamoira e Quinta de Bons Ares.
Fermentaram em barricas de carvalho francês e estiveram 7 meses sob as borras finas.
Na boca é o mineral e a frescura que marcam, algo seco e com um final de boca persistente e amplo.