quinta-feira, novembro 08, 2007

Quinta de Roriz vintage 2005

O tradicionalismo impera nesta Quinta quer pelas uvas que são colhidas e escolhidas manualmente quer pela pisa a pé, feita em lagares tradicionais de granito.

Este 2005 é um vintage de cor densa, com notas de especiarias e taninos suaves.

Acompanha bem queijos tradicionais como o Serra ou Ilha ou, para os mais gulosos, só com a companhia de bons amigos.



mais info em: www.quintaderoriz.com

o novo Vinha de Lordelo

É de 2005. A segunda edição deste Lordelo.
Um doc composto por castas como Sousão, Tinta Amarela, Touriga Nacional e Tinta Roriz entre outras.
Na boca mostra-se equilibrado, macio com os taninos bem presentes.
Apesar dos seus15.5º o álcool não é um impedimento na prova.

Quinta da Estação 2005

É um vinho corrente com uma relação qualdade-preço surpreendente.
A nossa imagem vem reforçar a aposta do produtor na produção de vinhos diferenciados.

Vale da Raposa touriga 2005

Mais uma novidade do produtor Alves de Sousa.
Um touriga à séria para desafiar qualquer gosto mais exigente.
A casta portuguesa por excelência mostra-se aqui com taninos elegantes, macio e encorpado.

Poeira 2005


Este tinto de Jorge Moreira é feito a partir de vinhas muito velhas.
A edição de 2005 vem consolidar um projecto com pernas para andar.

www.poeira.pt

quarta-feira, novembro 07, 2007

A Casa de Cello tem novidades









São Duas Quintas.
Duas regiões.
São duas novidades.
Um mesmo produtor.
Um branco e um tinto.
O Quinta de Sanjoanne escolha 2004 e o Quinta da Vegia 2005 são as novidades que o Outono traz.
O Sanjoanne continua a ser feito a partir do alvarinho, chardonnay e avesso.
O Vegia com forte componente de touriga nacional e aragonês.